Vereadores marcam presença em ato de inauguração da Policlínica Regional de Saúde e do CAPS

Os parlamentares evidenciaram na manhã desta sexta-feira (29) um marco histórico para a saúde da população de Simões Filho com a inauguração da 15ª Policlínica Regional, sendo a primeira da Região Metropolitana de Salvador (RMS), além do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) no município.

Entre as autoridades presentes, o governador Rui Costa, o prefeito Diógenes Tolentino, que é o vice-presidente do Consórcio da Policlínica Regional, a primeira-dama e deputada estadual Kátia Oliveira, o presidente da Câmara, Orlando de Amadeu (PSDB), o vice-prefeito Sid Serra, e os vereadores Adailton Caçambeiro (PRP), Alfredo Assis (PP), Arnoldo Simões (PRB), Canjirana (PSL), Del (SD), Deni da Metalúrgica (PSD), Eri Costa (DEM), Everton Paim (PSD), o presidente da Comissão de Saúde, Genivaldo Lima (DEM), Jailson ‘Jajai’ (PP), Laécio Valentim (PSB), o líder do governo , Manoel Almeida “Neco” (PSD), Manoel Carteiro (PSB), Sandro Moreira (PSL) e Vel Silva (PRP), além de secretários municipais, lideranças políticas e centenas de pessoas acompanharam a solenidade que reuniu representantes dos cinco municípios que formam o Consórcio.

As autoridades hastearam as bandeiras do Brasil e da Bahia durante a breve execução do Hino Nacional Brasileiro. Depois do ato, junto com os profissionais da imprensa, puderam visitar as dependências do prédio da Policlínica. Logo após, seguiram para uma estrutura montada na parte externa onde participaram da solenidade de inauguração.

Em nome do Legislativo, o presidente Orlando de Amadeu destacou a concretização da Policlínica Regional e do CAPS como duas unidades de atendimento importantes para a saúde da população. “Esses equipamentos visam oferecer o atendimento para quem necessita e garantir uma saúde pública com qualidade. Essa obra é da população. Para nós, o que mais importa é aquilo que a população precisa e, por isso, não mediremos esforços para que o povo seja bem atendido”, enfatizou o mandatário do Legislativo.

O prefeito Diógenes Tolentino, que é vice-presidente do Consórcio da Policlínica Regional, ressaltou a implantação das duas novas unidades para promover a saúde pública no município. “Mais dois equipamentos chegam para somar nas atividades de promoção à saúde da nossa gente. O Centro de Atenção Psicossocial (Caps) é mais uma conquista simõesfilhense que ofertará diversos serviços avançados de saúde. Intensificaremos junto aos governos (federal e estadual) a busca de recursos para melhor qualidade de vida do nosso povo”, destacou o gestor.

A atuação dos vereadores recebeu o reconhecimento por parte do governador Rui Costa pela viabilização da Policlínica e do CAPS no município. “Aqui, de fato, vai o meu reconhecimento aos vereadores. Nós nos unimos e nos juntamos porque nesse momento, o que interessa é o cuidado com a saúde e a vida das pessoas. O meu reconhecimento e a minha gratidão aos vereadores que compreenderam isso”, disse o governador.

A população de Simões Filho e demais municípios como Camaçari, Conde, Dias D’Ávila, Lauro de Freitas e Mata de São João será beneficiada pela 15ª Policlínica Regional de Saúde.

Os cerca de 785 mil baianos residentes nos cinco municípios que formam o Consórcio terão à disposição a partir de segunda-feira (2) serviços ambulatoriais especializados e exames de média complexidade.

As autoridades também prestigiaram a entrega do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), anexo à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro CIA I, além de oito ambulâncias e cinco micro-ônibus que estarão disponíveis para fazer o transporte dos pacientes das cidades que integram o Consórcio Metro Recôncavo Norte.

Os equipamentos contam com investimento do Estado que financiará 40% dos custos e os 60% restantes serão divididos, proporcionalmente, pelos municípios que formam o Consórcio. O município de Simões Filho irá investir por ano, cerca de R$ 1,8 milhão em ambos os equipamentos (Policlínica Regional e CAPS). As Policlínicas Regionais visam promover os serviços especializados de média complexidade junto com a atenção básica e hospitalar, oferecendo à população um acesso mais qualificado e humanizado de atendimento à saúde.

As novas instalações da Policlínica Regional de Saúde terão 106 profissionais atuando na unidade. São médicos, enfermeiros, psicólogo, farmacêutico, nutricionista, ouvidor, assessores técnicos, assistente social, técnicos em enfermagem, técnicos em radiologia e assistentes administrativos.

No edifício de três pavimentos, os pacientes terão acesso a uma variedade de especialidades médicas, a exemplo de angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastrenterologia, neurologia, ortopedia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ginecologia/obstetrícia, mastologia e urologia. Também serão oferecidos diversos exames, como ressonância magnética, tomografia, mamografia, ultrassonografia com doppler, ecocardiografia, ergometria, mapa, holter, eletroencefalograma, eletromiografia, raio-X, eletrocardiograma, endoscopia, colonoscopia, entre outros.

Atendimento

Após solicitações de exames pelos médicos, os pacientes irão marcar os exames e, sem filas, contarão com micro-ônibus, para fazerem os procedimentos na Policlínica. Para realizar as consultas das diversas modalidades existentes na Policlínica, o morador de Simões Filho e demais cidades que integram o Consórcio devem procurar a Secretaria de Saúde de seus municípios levando documentos de identificação com foto e a requisição com a solicitação do exame.

Em Simões Filho, a Secretaria Municipal de Saúde iniciou as marcações de exames na quinta-feira (28) e seguirá ocorrendo a partir de segunda-feira (2). Para realizar as marcações, os moradores devem se dirigir à sala da Regulação que funciona no prédio da secretaria.

A Policlínica em Simões Filho é a primeira unidade a oferecer o serviço de densitometria óssea. O exame mede a condição óssea das pessoas e também a ressonância magnética que está preparada para fazer um exame de coluna e de corpo inteiro.

 

Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Simões Filho (Ascom CMSF)

Redação: Rafael Santana (Jornalista SRTE-BA 2932)

Crédito da foto: Dan Coutinho