Jovens Vereadores realizam segunda sessão ordinária com votação e aprovação de sugestões de Projetos de Lei

Os Jovens Vereadores realizaram na tarde de quarta-feira (27) segunda sessão ordinária de 2019. Onze dos dezenove jovens eleitos compareceram ao plenário da Câmara onde participaram da sessão presidida pela Jovem Vereadora Maria Luiza Vieira para discutir e votar sugestões de Projetos de Lei de interesse da sociedade.

Estiveram na sessão os Jovens Vereadores Gabriel, Mateus, Evanilson, Micael, Joice, Pâmela, Jemima, Evanilson, Iago e Rian Cadete, além do presidente da Câmara, Orlando de Amadeu (PSDB), os vereadores Arnoldo Simões (PRB), Elimário Lima (PSDB), Everton Paim (PSD), Jailson ‘Jajai’ (PP), Manoel Almeida “Neco” (PSD), Manoel Carteiro (PSB), Sandro Moreira (PSL) e o superintendente de Juventude da Sejuv, Matheus Bacellar, que prestigiaram a desenvoltura dos jovens parlamentares durante os trabalhos. Os professores e estudantes do Colégio Padre Luiz Palmeira ocuparam as galerias do plenário onde assistiram à sessão.

No início da sessão do Parlamento Jovem, o presidente da Câmara, Orlando de Amadeu, fez uso da palavra na tribuna onde saudou os presentes, especialmente, aos Jovens Vereadores e destacou que Simões Filho é a primeira cidade da Região Metropolitana a desenvolver o Programa Jovem Vereador. “Parabenizo os senhores Jovens vereadores pelo belíssimo trabalho, já pegando um pouquinho da química para que um dia vocês possam representar o povo dessa cidade, como nós estamos aqui. Tenho certeza que vocês vão ter muito proveito nesse momento que vocês estão tendo como jovens vereadores da cidade de Simões Filho. Vocês são pioneiros já saindo na frente de Camaçari, Candeias, Lauro de Freitas e Salvador. Eu desejo a vocês muito boa sorte, muita felicidade e tenho certeza que vocês vão sair com uma bagagem. Contem sempre com o nosso apoio. Eu parabenizo a todos os jovens vereadores, em nome da nossa presidente, que tem conduzido de forma bem correta. Acredito que os nobres jovens vereadores irão aprovar os projetos para que sejam encaminhados e que fiquem registrados nesta Casa e no Executivo”, expressou o presidente.

Durante a Ordem do Dia, os Jovens Vereadores discutiram e votaram sugestões de Projetos de Lei elaborados pelas Comissões de Saúde, Meio Ambiente, Infraestrutura e Mobilidade Urbana formadas pelo Programa Jovem Vereador, com o apoio do Jurídico da Câmara, entre eles, o Projeto de Lei que visa à prestação de primeiros socorros nas escolas estaduais, municipais e privadas de Simões Filho; o Projeto de Lei que concede certificado para Microempreendedor Individual, microempresas e empresas de grande porte que realizarem coleta e descarte correto dos resíduos usados na produção e venda de seus produtos e o Projeto de Lei do Programa Jovem Vereador nº 004/2019 que institui o sistema de sinalização de estacionamento no município de Simões Filho visando à garantia da ordem do tráfego e do trânsito da cidade e dá outras providências.

Presidida por Maria Luiza Vieira, a sessão teve a participação ativa dos parlamentares jovens que fizeram o uso da tribuna e utilizaram bons argumentos para defender a aprovação dos projetos por eles apresentados.

Ao defender o projeto votado e aprovado pelos Jovens Vereadores em plenário, o relator da Comissão de Saúde abordou a necessidade de aplicação imediata de primeiros socorros no auxílio do quadro clínico médico geral e na prevenção de possíveis seqüelas à vítima. “Tendo em vista a necessidade de atendimento de primeiros socorros em diversas emergências é imprescindível que iniciativas como essa sejam tomadas quando nos deparamos com casos e acontecimentos. Sendo assim, é necessária a implantação de comissões necessárias para que os componentes apliquem os conhecimentos necessários para auxiliar e promover a estabilidade da vítima”, argumentou.

Em seu aparte durante o debate sobre a proposta, a Jovem Vereadora Jemima destacou que os primeiros socorros aumentam muito a possibilidade de vida da vítima, sob o auxílio de profissionais capacitados e preparados em prestar o devido socorro. “A necessidade de um primeiro atendimento à vítima é algo essencial para vida. Uma coisa que a gente identificou foi a falta de primeiros socorros nas escolas. Os primeiros socorros  funcionam de forma eficiente porque quando a vítima está sendo atendida enquanto o socorro vem aumenta  a possibilidade de vida diminuindo o risco e as sequelas. O nosso objetivo é a prevenção, pois tratar é o melhor remédio. No projeto, a gente dispõe de pessoas qualificadas para que venham fazer esse atendimento. São pessoas escolhidas pela secretaria de Educação e de Saúde e os treinamentos serão disponibilizados também por uma pessoa altamente qualificada escolhida pela secretaria de Saúde que ficará presente na escola para, em caso de qualquer eventualidade, tenha alguém preparado para lidar com essa situação”, salientou.

De acordo com a análise feita pela Jovem Vereadora Maria Luiza, percebe-se a grande importância desse projeto dentro das escolas pois, segundo ela, os alunos estarão sendo valorizados com o suporte de uma equipe preparada, caso ocorra algum tipo de acidente. “Nós vemos a importância na questão da preparação, não só dos professores que estarão cientes do que pode ocorrer dentro das escolas, mas também do aluno que ficará responsável no auxílio, ou seja, traz benefícios para todos, não só dentro, mas também fora da escola. Nós percebemos que dentro das escolas acontecem muitos acidentes e, muitas vezes, fica por isso mesmo pela questão de que não consegue entrar em contato com o responsável para levar esse aluno a uma rede pública de saúde mais próxima ou, muitas vezes, professores e diretores não têm autorização para levar esse aluno, mas com esse projeto, trazendo a saúde para dentro da escola, será mais fácil porque existirá um tratamento prévio  antes mesmo de chegar ao hospital”, pontuou a presidente.

Outro Projeto de Lei colocado em votação e aprovado pelos jovens legisladores é o que concede certificado para Microempreendedor Individual, microempresas e empresas de grande porte que realizarem coleta e descarte correto dos resíduos usados na produção e venda de seus produtos, encaminhando-os para o centro de reciclagem existente no município de Simões Filho.

Na discussão do projeto, o Relator da Comissão de Meio Ambiente, o Jovem Vereador Gabriel, argumentou que a proposta visa premiar as empresas que fizerem descarte correto de seus lixos e rejeitos após a produção dos seus produtos, pois segundo ele, algumas delas acabam descartando seu lixo de forma irregular, de uma maneira que não é a mais correta. “Para tentar solucionar esse problema, criamos esse selo. A empresa vai se sentir atraída por uma premiação porque isso vai dar uma maior visibilidade e um maior prestígio para essa empresa para melhorar a condição de meio ambiente dentro da cidade de Simões Filho”, afirmou.

Por fim, foi discutido, votado e aprovado o Projeto de Lei do Programa Jovem Vereador nº 004/2019, que institui o sistema de sinalização de estacionamento no município de Simões Filho visando a garantia da ordem do tráfego e do trânsito no município e dá outras providências.

Conforme o Relator da Comissão de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, o Jovem Vereador Mateus, o projeto vem como alternativa para melhorar a mobilidade de Simões Filho sob três aspectos: o primeiro visa o horário de cargas e descargas para contribuir com a fluidez no trânsito na cidade em horários de pico antes das 6h e após as 18h; o segundo  que trata de veículos que não podem ficar estacionados nas áreas indicadas em horários noturnos com algumas ressalvas (pois se o proprietário do veículo estiver por perto do local ou residir perto ele pode permanecer, caso contrário, não deverá ficar no meio da rua) e o terceiro são as laterais das vias onde não podem estacionar.

“Este projeto foi inspirado em projetos de algumas outras cidades onde o mesmo deu certo e melhorou bastante a fluidez na mobilidade da cidade e pensamos que isso é bom para ser copiado. Então, trouxemos esse projeto visando uma melhora do nosso trânsito da cidade de Simões Filho”, explicou Mateus.

A execução da pauta teve o auxílio e a orientação do Jurídico do Legislativo, através dos advogados Dr. Robenilson Lordelo e Dra. Thaiane Brito, que instruíram os jovens com os devidos procedimentos para que a sessão fosse realizada respeitando todas as exigências que constam no Regimento Interno da Casa.

Os jovens parlamentares ocuparam a tribuna durante a Palavra Franqueada, entre eles, Iago, Jemima, Rian Cadete, Gabriel, Evanilson, Pâmela e Maria Luiza Vieira.

O primeiro a discursar na tribuna foi o Jovem Vereador Iago, que agradeceu a oportunidade, de ter participado do Programa Jovem Vereador e incentivou os estudantes do Colégio Padre Luiz Palmeira presentes nas galerias do plenário em participar das próximas edições do programa para ‘lutar pela melhoria da sociedade”.

A Jovem Vereadora Jemima descreveu sobre o programa e a experiência única no parlamento jovem na proximidade com a política. “Por mais que as pessoas digam que não gostam é importante ver como, realmente, o projeto acontece e como, realmente, as coisas funcionam porque não importa como você pensa, o que importa é a canetada que os nossos representantes vão dar . Por isso, eu recomendo e falo que é bom você passar por essa experiência. Eu sempre vou encorajar porque se aprende muito, não só na política, mas também com a vida. Amadureci e aprendi muitas coisas que se passam na política. Com certeza, a experiência que eu tive, eu vou levar para o resto da minha vida e vai ser muito importante para o meu desenvolvimento profissional e pessoal”, discursou.

O Jovem Vereador Rian Cadete agradeceu a Deus, aos familiares que o acompanharam durante os trabalhos no plenário, especialmente, a tia que completou aniversário no mesmo dia da sessão, agradeceu aos colegas Jovens Vereadores, em nome da presidente do parlamento jovem Maria Luiza, e falou da importância de ser um Jovem engajado nas iniciativas voltadas para a juventude. “Estou atualmente no 4º ano do Colégio Estadual Reitor Miguel Calmon, faço o curso Técnico em Logística e, nesse último ano, a nossa turma na escola veio desmotivada em continuar e esse Programa Jovem Vereador me fez formar um espírito de motivação em meus colegas para não desistir dos seus sonhos, porque a partir do momento que eu fui o único na minha turma que me inscrevi para participar desse programa eu pude incentivar meus colegas também. Eu fui aprovado no programa e consegui mostrar a eles que, mesmo sendo de colégio estadual, nós somos capazes de chegar em algum lugar. Todo mundo pode conseguir conquistar o seu objetivo e, mediante a isso, eu consegui inspirar os meus colegas a mostrar que a nossa turma é capaz de fazer alguma mudança. Então, esse é o motivo de mostrar que os jovens da nossa cidade têm capacidade de chegar onde quer. Mostramos que a juventude vem sendo valorizada e a nossa juventude é capaz de chegar onde quer, basta ter foco e querer mostrar, pois nós jovens somos o futuro, mas também somos o presente, pois temos a capacidade de mudar agora”, incentivou.

O Jovem Vereador Gabriel usou o espaço da tribuna para prestar uma homenagem ao servidor da Prefeitura, Joaquim Pereira de Lima, conhecido pelos amigos como ‘Joaca’ que, infelizmente veio a falecer vítima de um trágico acidente de carro. Joaca trabalhava na Semob e, nas palavras do jovem parlamentar, “foi uma pessoa que me emocionou muito em uma visita que nós jovens vereadores fizemos lá neste mês de novembro e ele disse que ficava muito feliz por um programa desse está acontecendo, de inserir o jovem na política mas, infelizmente, depois de alguns dias ele veio a falecer em um acidente de carro”. “Me senti na obrigação de citar o nome dele aqui porque ele era um homem  que acreditava nesse projeto, que é extremamente desacreditado por algumas pessoas na rua. Ele mostrou que é um cara que tem sim fé na nossa juventude que pode mudar o panorama da nossa cidade”,  lembrou Gabriel.

O Jovem Vereador Evanilson agradeceu aos estudantes do Colégio Padre Luiz Palmeira e se disse orgulhoso de ser um estudante e um Jovem Vereador. Conforme o jovem parlamentar, a presença dos estudantes do Padre Luiz Palmeira serve de estímulo. “A participação deles aqui é importante para descobrir como ocorre parte do processo e do desenvolvimento do projeto para que amanhã ou depois vocês sintam interesse em participar para descobrir essa longa jornada de conhecimento que a gente tem aprendido durante todo esse processo de visitas. Tem sido uma experiência incrível para cada um de nós aqui, temos ganhado responsabilidades, temos amadurecido, tem sido um tempo muito precioso onde, juntos, nós estamos descobrindo várias coisas que vão contribuir para a nossa vida, tanto profissional como pessoal, onde aprendemos a melhorar os nossos relacionamentos, aprendemos em como lidar com situações do cotidiano e tem sido um processo muito interessante porque quando a gente está de fora, é fácil falar e apontar, mas quando a gente está inserido e com esse poder e com a responsabilidade em nossas mãos, é que a gente vem entender como acontece e como é o processo e é daí que a gente vai desenvolvendo as nossas ideias  e conhecimento. A partir daí, podemos ter nossas conclusões e chegarmos aos nossos ideais. Eu quero agradecer por essa oportunidade e, falando aos estudantes, espero que vocês tenham interesse  em participar de outras edições”, motivou.

Na condição de relatora da Comissão de Direitos Humanos e Assistência Social, a Jovem Vereadora Pâmela incentivou os estudantes do Colégio Padre Luiz Palmeira a participar do programa para desfrutar da mesma experiência como Jovem Vereador. “Vocês que estão sentados assistindo, a gente espera que ano que vem o papel troque. Espero que vocês estejam aqui e a gente esteja assistindo vocês porque esse é o incentivo que o Programa Jovem Vereador quer passar para a juventude simõesfilhense”, mobilizou.

A Jovem Vereadora Maria Luiza Vieira discursou, por último, ao falar da importância do Programa Jovem Vereador no momento em que citou a importante contribuição de Matheus Bacellar durante todo o período do projeto. “Encontramos alguém que valoriza esse projeto, que acredita na gente e isso nos incentiva. Então, nesse momento, eu quero agradecer a Matheus, que é uma pessoa que acreditou em nós desde o princípio. Ele acreditou que nós iríamos fazer com êxito. De inicio, nem a gente mesmo acreditávamos que conseguiríamos, e hoje, estamos aqui no lugar que nós nunca imaginaríamos antes. O que eu quero deixar para vocês não é apenas que vocês participem do projeto e se empenharem no projeto, mas se empenharem em tudo que vocês fizerem, principalmente, se for aquilo que vocês gostam e que vocês amam, independente do que as pessoas venham dizer para vocês, independente de pessoas desacreditadas de vocês, vocês são capazes de chegar onde vocês quiserem, e hoje, a nossa cidade tem trazido essa oportunidade. Antes, nunca imaginaríamos que poderíamos participar ativamente dos processos políticos e olha só onde estamos. O meu conselho para vocês é: busquem conhecer porque o conhecimento ninguém nunca tira. Você pode brigar, lutar, ter dinheiro, ter fama, mas isso tudo acaba em um momento, mas o seu conhecimento ninguém pode tirar de você, é algo que você vai levar para o resto da sua vida e vai servir não só para o seu crescimento pessoal , mas também para o seu crescimento social e, a partir desse conhecimento, você pode ir além. Eu nunca imaginaria que estaria em uma posição dessa e muitas pessoas poderiam dizer que eu não conseguiria, mas hoje estou aqui. Ouvi de muitas pessoas, até mesmo, no início do projeto pensei em desistir porque as pessoas desacreditavam de mim, mas hoje estou aqui quebrando protocolo e digo para vocês: vocês podem fazer o mesmo e eu confio em vocês porque eu sei que vocês conseguem, independente de está participando do Programa Jovem Vereador ou não”, definiu Maria Luiza.

O superintendente da Juventude da Sejuv, Matheus Bacellar ressaltou o esforço dos Jovens Vereadores durante o período que esteve à frente do programa. “Eu estou muito feliz pelo total empenho e dedicação de vocês. Eu sei que não tem sido fácil toda essa trajetória de vocês, até mesmo, dentro da atividade do Programa Jovem Vereador, tem sido desafios em cima de desafios e vocês têm conseguido se superar. É notório que a cada dia que passa vocês têm conseguido conquistar uma posição de excelência com uma performance plenamente satisfatória. Eu parabenizo aos Jovens Vereadores pelo total empenho em compartilhar o que é o processo legislativo e também se empenhar para construir o processo legislativo inovador para que a juventude possa ser atrelada em favor do crescimento da nossa cidade”, destacou Matheus, que motivou os estudantes do Colégio Padre Luiz Palmeira e demais escolas em participar da edição do Programa Jovem Vereador em 2020.

A última sessão ordinária dos Jovens Vereadores ocorre no dia 18 de dezembro, às 8h, no plenário da Câmara.

 

Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Simões Filho (Ascom CMSF)

Redação: Rafael Santana (Jornalista SRTE-BA 2932)

Crédito da foto: Dan Coutinho